Notícias

Alunos da Mauá buscam experiências por meio da área de internacionalização

O Collaborative Online International Learning (COIL), por exemplo, é uma modalidade democrática e disponível para todos os alunos do IMT

São Paulo, novembro de 2023 – A internacionalização do ensino superior também é fundamental em tempos de globalização, pois as relações políticas, econômicas e culturais mantidas entre os países impactam diretamente a educação e o crescimento profissional dos alunos. Por isso, o Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) considera a internacionalização um pilar importante da formação, em conjunto com o ensino, a pesquisa e a extensão.

Entre as modalidades de internacionalização que a Mauá oferece está o Collaborative Online International Learning (COIL), que proporciona a possibilidade para que o aluno possa ter experiências com outras instituições a distância, sem sair do Brasil. O que se convém chamar “internacionalização em casa”.  “Trata-se de uma iniciativa democrática, pois não requer investimento de viagem ou custos extras, uma vez que o COIL está disponível para todos os alunos da Mauá, de todos os cursos, por meio dos Projetos de Atividades Especiais (PAEs). As aulas são ministradas em Inglês ou Espanhol pelos professores da instituição parceira, conforme a origem do país.  Por isso, um dos requisitos para conseguir uma vaga, é que o candidato tenha conhecimento desses idiomas. Em cada semestre, o Instituto abre as inscrições e divulga as vagas”, diz Guilherme Ginjo, assessor da área de Relações Internacionais do IMT. 

As ações de internacionalização em casa não excluem as formas mais convencionais para o aluno da Mauá ter experiências internacionais de forma presencial, quando o estudante tem a oportunidade de cursar um período de estudos em outro país e voltar para a graduação na Mauá.

“Todos os alunos podem concorrer à oportunidade de estudar em países como Inglaterra, França, Chile, Portugal e Japão, entre outras diversas localidades. Desde 2018, mais de 400 alunos foram impactados com ações de internacionalização, somando experiências como mobilidade acadêmica, GCSP, competições acadêmicas  etc. Vale lembrar que a internacionalização, seja por mobilidade acadêmica, seja  por iniciativas oferecidas dentro da instituição, possibilita experiências práticas muito valorizadas no mercado de trabalho”, diz. 

Alunos estrangeiros na Mauá

A Mauá também é considerada uma excelente anfitriã perante a comunidade acadêmica internacional. A instituição recebe estudantes de diversas partes do mundo, como  Espanha, Argentina e Colômbia, para estágio e desenvolvimento de pesquisas nos seus laboratórios, sempre com o apoio e orientação do corpo docente.

“Com esses projetos e parcerias com universidades renomadas, a Mauá tem trabalhado cada vez mais com a internacionalização. Portanto, são oportunidades importantes para interagir com outras universidades internacionais. Inclusas em nosso currículo, essas experiências são valiosas para os alunos desenvolverem suas habilidades e aprimorar as suas competências interculturais”, completa Ginjo.

Informações para a imprensa - RPMA Comunicação

Assessoria de Imprensa do Instituto Mauá de Tecnologia

Giovanna Favero – (11) 94033-1756
giovanna.favero@rpmacomunicacao.com.b

Claudio Monteiro – (11) 98970-4477
claudio.monteiro@rpmacomunicacao.com.br